SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ENA!-- TANTOS LEITORES DO MEU BLOG QUASE DIÁRIO! ---ESTA FOTO É UMA VISTA AÉREA DA MINHA TERRA,-TABUAÇO! UM ABRAÇO PARA CADA UM DE VÓS! -ANDRÉ MOA-

quinta-feira, 5 de março de 2009

Caríssimas amigas, caros amigos:

Por razões que se prendem com a próxima edição em livro do MAU TEMPO NO ANAL – DIÁRIO DE UM PACIENTE, vi-me sugestionado a “esconder” o blogue.

Para manter a chama viva onde quer que viva e enquanto viva, aparece agora o blogue DIÁRIO DE UM PACIENTE II – http://diáriodeumpacienteII.blogspot.com/ – donde consta a entrada, prólogo incluído, até ao diário propriamente dito, bem como o epílogo. Neste blogue passarei a escrever posts com a descrição da evolução dos tratamentos e, espero, da involução do cancro, do fim desta GUERRA NOS BOFES e do mais que for surgindo e for tido por conveniente e ajustado à manutenção desta cadeia de solidariedade convosco, que muito me tem amparado.

Tenho prometida para a próxima semana uma resposta definitiva e pormenorizada da – QUIDNOVI (editora muito competente e muito séria) – que já se mostrou interessada em publicar muito em breve.
Como vêem, as notícias, por este lado, são animadoras, reconfortantes e susceptíveis de contribuir para a restauração rápida e sólida da saúde.

NOTÍCIAS DE ÚLTIMA HORA
Cheguei há pouco da "sala de chuto" do Hospital, depois de mais uma inoculação de químio. Com o contratempo de não ter recebido os costumados anticorpos, que se esgotaram, por questões burocráticas, de acordo com as informações recebidas do enfermeiro, e por razões que se prendem, deduzo eu, com a tardia entrada em vigor do orçamento. O pior é que também não irei receber amanhã a costumada vacina espevitadora da fábrica dos glóbulos sanguíneos e das plaquetas, que se têm mantido em valores razoáveis, o que até hoje me permitiu receber ininterruptamente os tratamentos todos. Já fui avisado de que para a próxima, e dada a falta dos produtos, será provável que esses valores baixem significativamente. Um pequeno/grande contratempo que vou tentar ultrapassar ingerindo um pouco mais do que vem sendo hábito produtos naturais recomendados para o efeito e com uma alimentação mais adequada. Tudo se vence na vida. Na morte é que já não. E como há males que vêm por bem, uma vez que as erupções cutâneas e estas chagas nos dedos e nos calcanhares parecem resultar exclusivamente dos anticorpos, não tomando estes por algum tempo, pode ser que melhore dos meus ricos membros superiores e inferiores. O do meio é que não terá grandes melhoras por o seu funcionamento não depender destes, mas de outros parâmetros que seria fastidioso aqui enunciar, para mais para quem os conhece de ginjeira e domina na perfeição. Presumo eu. Eheheheheheheheheheheheheh!

Abraços sentidos
André Moa

7 Comentários:

  • Às 7 de março de 2009 às 11:41 , Blogger Brancamar disse...

    Olá André,

    Foi com alegria que recebi ontem a notícia deste novo blog. Tentei abrir à noite os comentários, mas não sei que aconteceu porque não consegui.
    Cá estou hoje para lhe dizer bom dia e pela leitura que fiz deste post vejo que continua com bom humor, o que é fantástico e uma grande ajuda para vencer os obstáculos.
    Prometo voltar logo à noite para ler o que já escreveu para tràs, vejo que a produção tem sido grande, apesar das mazelas dos deditos, que espero melhorem, como prevê. Continue a ver sempre o lado positivo da vida, pois vale a pena.
    Um beijo muito amigo.
    Branca

     
  • Às 7 de março de 2009 às 20:44 , Blogger Linda disse...

    Olá André,
    fiquei feliz por saber que está bem, também pensei que o blog estava fechado por motivos de força maior ( publicação do livro),vejo que o bom humor anda por ai, ainda bem!
    Como sempre temos a amiga Branca que nos informa ( é uma amigona).
    Beijinhos e tudo de bom
    Linda

     
  • Às 7 de março de 2009 às 21:18 , Anonymous Dad disse...

    Boa ideia, Amigo!
    É bom saber que tudo continua o seu caminho para que a doença seja afastada de vez! E que assim seja!!!
    Grande beijinho e bom fim de semana!

     
  • Às 7 de março de 2009 às 21:23 , Anonymous Dad disse...

    Há bocado quando escrevi "Boa Ideia" referia-me a este lindo Blog que certamente vai servir-nos de porta para o visitarmos regularmente. Beijinhosssssssssss

     
  • Às 7 de março de 2009 às 22:25 , Blogger Andre Moa disse...

    Caras amigas,se a esperança é que nos salva, o humor é quem me ampara. Uso-o como arma de defesa contra a depressão; utilizo-o como arma de ataque contra o desânimo. E assim cá nos vamos aguentando nas tamanquinhas, por mais frágeis que as tamanquinhas sejam. Mas nada substitui a força que recebo dos familiares e amigos, muito em especial do meu querido neto que tem andado doentinho. Esta tarde levámo-lo à urgência de pediatria do Hospiutal de Santa Maria. Nada de grave, suponho. Princípio de amigdalite, um leve desarranjo intestinal e algo nos ouvidos, que precisam de ser lavados. Nesta estrada solidária de luta animosa contra a desgraça, que é o pão nosso de cada dia que a vida nos dá, à mistura com uma pitada de doçura de vez em quando, para amenizar o pão duro que nos cabe roer, um sorriso de uma criança, um sorriso do meu neto vale por vinte e cinco tratamentos de quimioteterapia.
    Beijinhos.
    André Moa
    P.S. - Mandei para alguns amigos o endereço deste novo blogue - O Diário de um paciente II, mas. sem querer, induzi-vos em erro. É que, como o endereço foi feito com letras minúsculas o II saíu ii, portanto o endereço correcto do blogue será http://diariodeumpacienteii.blogspot.com/

     
  • Às 7 de março de 2009 às 22:50 , Blogger Carecaloira disse...

    Fico feliz por estar tudo bem.
    Virei a este novo blog assiduamente, como fazia com o outro.
    Desejo-lhe um bom Domingo.
    Um beijinho
    Marina

     
  • Às 8 de março de 2009 às 18:51 , Blogger Andre Moa disse...

    Olá, cara Marina. Obrigadinho por tudo. Espero que esteja tudo a correr como deseja.
    Bjs.
    André Moa

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

 
Que cantan los poetas andaluces de ahora...