SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ENA!-- TANTOS LEITORES DO MEU BLOG QUASE DIÁRIO! ---ESTA FOTO É UMA VISTA AÉREA DA MINHA TERRA,-TABUAÇO! UM ABRAÇO PARA CADA UM DE VÓS! -ANDRÉ MOA-

terça-feira, 14 de junho de 2011

SÓ PARA VOS DESCANSAR...

Queridos Amigos,
Continuo a fazer exames e a ser tratado, mas estou muito cansado; logo não posso andar por aqui por muito tempo.
Obrigado a todos/as pelo vosso cuidado. Cá continuo a lutar pela cura!
Abreijos a todos,
André Moa

10 Comentários:

  • Às 14 de junho de 2011 às 20:09 , Blogger Dad disse...

    Cá te esperamos, logo que possível!
    Beijinho grande e desejo de melhoras rápidas!

     
  • Às 14 de junho de 2011 às 22:57 , Anonymous Anónimo disse...

    Um abraço amigo Môa
    jrom

     
  • Às 14 de junho de 2011 às 23:24 , Blogger Corvo disse...

    Sabe que estive bem perto da sua terra? Estive no Pinhão e em Galafura. Bem me lembrei de si. E até bebi um copo à sua saúde.
    Gostei de notícias suas.
    Um grande abraço e as melhoras.

     
  • Às 14 de junho de 2011 às 23:41 , Blogger Alva disse...

    Um beijinho enorme Moa, com saudades das nossas conversas... =)
    Força e as rápidas melhoras!

    Estrela d'Alva

     
  • Às 15 de junho de 2011 às 10:21 , Blogger Maga e Joao disse...

    Querido André
    Guarda as forças para os tratamentos. Nós vamos sabendo de ti, uns pelos outros.
    O Corvo esteve no Douro, em São Martinho de Anta.
    Foi à Senhora da Azinheira pedir por ti (ele é todo crente. Não sei a quem saiu). Veio de lá encantado.
    Beijinhos meu amigo querido. Melhora depressa e bem.
    Maria

     
  • Às 15 de junho de 2011 às 21:32 , Blogger Je Vois la Vie en Vert disse...

    Caro amigo,
    É verdade, temos sabido de ti através de um ou do outro. Sim, tens que guardar as tuas forças para fazer os tratamentos.
    O Corvo deve sair a mim, porque eu também peço por ti.

    Põe-te bem para o nosso encontro !
    Muitos beijinhos.
    Verdinha

     
  • Às 19 de junho de 2011 às 22:52 , Blogger BRANCAMAR disse...

    Cá estou Moa, sempre presente, às vezes silenciosa precisamente para te poupar as forças. É verdade, como diz a Verdinha, vamos sabendo de ti uns pelos outros e cá te temos sempre presente no nosso coração, desejando que ultrapases mais esta etapa com a tua habitual preseverança.

    As melhoras e muitos beijinhos.
    Branca

     
  • Às 22 de junho de 2011 às 00:19 , Anonymous Anónimo disse...

    O silêncio é de ouro, amigo.
    Não tem problema. A gente sabe que estás presente e que a luta continua.
    Uma batalha não é uma guerra e tu já ganhaste outras.
    Um grande abraço meu querido Guimoa!
    Kim

     
  • Às 30 de junho de 2011 às 23:06 , Blogger Onésimo disse...

    Meu caro Zé Guilherme:
    Estou em Lisboa e gostava de estar um bocado contigo. Vou buscar-te e levo-te aonde quiseres para uma conversa calma, à beira-mar-ou-rio, sem horas marcadas a não ser a do começo.
    Diz-me quando.
    Um abraço do
    onésimo

     
  • Às 8 de julho de 2011 às 11:21 , Blogger jorge henriques disse...

    Caro amigo André,

    Logo que me deram ordem de soltura na oficina dos batas brancas onde estive por alguns diazitos em trabalhos forçados, tive vontade de por aqui passar, foi hoje.
    Espero que esteja tudo a correr bem por esse lado, amigo André já tenho saudades de um cafezito acompanhado com uma boa prosa ,força nessa recuperação.Abraço de amizade jorge

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

 
Que cantan los poetas andaluces de ahora...