SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ENA!-- TANTOS LEITORES DO MEU BLOG QUASE DIÁRIO! ---ESTA FOTO É UMA VISTA AÉREA DA MINHA TERRA,-TABUAÇO! UM ABRAÇO PARA CADA UM DE VÓS! -ANDRÉ MOA-

domingo, 16 de janeiro de 2011

Ó LUA QUE VAIS TÃO ALTA...

PLENILÚNIO
QUARTO CRESCENTE

Ó lua que vais tão alta,
Redonda como um tamanco!
Ó Maria, traz cá a escada,
Que eu não chego lá com um banco.

(Popular)


Tenho andado a levantar-me em plenilúnio e a deitar-me em promissor quarto crescente, que a cara, luzidia lua cheia pela manhã, não chega a esvaziar completamente durante o dia, para voltar a intumescer ao longo da noite. Sequelas da lesão cerebral ou efeitos colaterais da dexametasona 5mg três vezes por dia? Leio o folheto informativo relativo ao fármaco - a «solução que contém fosfato sódico de dexametasona, o qual é rapidamente transformado pelo corpo em dexametasona» e cá temos nós a explicação. Entre os vários possíveis efeitos secundários indicados, lê-se: «Quando Oradexon é usado em tratamentos prolongados (ando a tomá-lo há quinze dias e, por certo, vou continuar a ingeri-lo pelo menos até à intervenção em vista, para ir controlando a inflamação provocada pela lesão), frequentemente ocorre (entre outras possíveis manifestações) sensação ou arredondar da face, pescoço e corpo».
Recorrendo à denominada lei das compensações, bem posso afirmar, narcísica e prazenteiramente, que este visual me agrada. Menos esquelético, menos afilado, quase sem rugas e pele de galinha. Por isso, olho-me ao espelho, contemplo-me e sorrio.

André Moa

21 Comentários:

  • Às 16 de janeiro de 2011 às 14:23 , Blogger Bichodeconta disse...

    Sorrir é preciso nem que seja para nós próprios..Enquanto aguardas, aguardamos, diz-se que a pressa é inimiga da perfeição, sejamos então pacientes e calmos, o resultado surgirá e só pode ser positivo..Um abraço.O desejo de que não estejas pelo menos em sofrimento físico. Nossa, como é possível, sei que há um engolir de dores, angustias, receios, e o aflorar em ti da força que te é caracteristica..Abraço-te em ternura e amor..

     
  • Às 16 de janeiro de 2011 às 18:43 , Anonymous DAD disse...

    Ainda bem que estás fresco e luzidio. Que haja efeitos bons do ponto de vista estético e que os outros, os curadores, sejam rápidos e segurois - é o que é preciso e cá fico à espera das palavras de esperança, se Deus quiser e vai querer, concerteza!
    Beijinhos grandes,

     
  • Às 16 de janeiro de 2011 às 22:29 , Blogger Osvaldo disse...

    irmão;

    Que raio é esse de ficares com cara de bolacha?... bom, ao menos que seja bolacha Maria com sabor a baunilha.

    Vai dando informações.

    Grande abraço e força.

    Osvaldo

     
  • Às 16 de janeiro de 2011 às 23:11 , Blogger Kim disse...

    Então estás a ficar mais bonito, não é amigo?
    Ainda há-de chegar o dia que te aconselharão a fazer dieta.
    O mundo dá muitas voltas.
    E o plenilúnio só dura um tempo!
    Abraço amigo

     
  • Às 17 de janeiro de 2011 às 02:29 , Blogger Maria Soledade disse...

    Amigo Môa,não pude deixar de sorrir com a comparação que fizeste.Nada,como manter a boa disposição mesmo quando a vida resolve brindar-nos com partidas menos boas.Ficaste mais bonito?Ora aínda bem que um dos efeitos colaterais é tornar o pessoal mais jovem:))

    A chamada não tardará para que possas acabar com a angústia da espera.

    Muita força amigo e principalmente muita esperança.Tudo se há-de resolver por bem e deixar essa cabeçinha *****estrelas

    Beijinhos Grandes

     
  • Às 17 de janeiro de 2011 às 09:27 , Blogger Laura disse...

    Agora já sei porque não vens à janelinha, tens medo de encontrar a lua de novo...são vezes demais, mas cara de meia lua, olha, deves ficar mais bonito...se estavas a ficar magro, agora arredondou.
    Não conhecia este verso de lado nenhum, assim continuas a ensinar à rapariga o que ela não sabia além dos efeitos do medicamento, se te fizer bem, melhor...
    E nem me admiro com o que escreves, deixas-nos a rir e a lembrar o teu rosto já de si, sorridente, é tua essa forma de ser. Os Sagitarianos (alguns) têm o dom de rir deles próprios e eu que o diga! :)

    Ó lua que vais tão alta,
    Redonda como um tamanco!
    Ó Maria, traz cá a escada,
    Que eu não chego lá com um banco.

    Beijinhos e abraço apertadinho da nina que faz figas para que tudo corra bem.

     
  • Às 17 de janeiro de 2011 às 21:31 , Blogger Espaço do João disse...

    Meu caro André.
    Haverá sempre um quarto crescente.Há sempre um ciclo lunar que se completa. Eu creio que esse ciclo vai completar-se. A esperança é a última coisa a desaparecer e, eu espero ver o meu amigo com aquele ar de despreocupado enfrentar o mostro.
    Um forte abraço e um Bom Ano.

     
  • Às 18 de janeiro de 2011 às 02:53 , Blogger bora rat disse...

    ó lua que vais tã alta
    redonda que nem tamanco
    a minha cama era curta
    dormi com os pés de fora

    e há mais versões

     
  • Às 18 de janeiro de 2011 às 08:48 , Blogger Zé do Cão disse...

    Daqui, o meu grande abraço a este grande amigo.
    Que nos encontremos o mais depressa possível, os convívios fazem-nos falta.

    AGRAÇÃO

     
  • Às 18 de janeiro de 2011 às 10:29 , Blogger Je Vois la Vie en Vert disse...

    Ó lua que vais tão alta,
    Ficas sempre lá no alto, aposto.
    Ó Maria, traz cá a câmara,
    Que ela chegou-me ao rosto !

    Olhar para si próprio ao espelho de manhã
    E gostar da fotografia
    Faz com que a vida não seja vã
    E já se ganhou mais um dia...

    Desculpa-me, caro amigo e poeta Moa, mas preciso da "famosa" escada para chegar aos teus calcanhares em termos de poesia.

    Muitos beijinhos
    Verdinha

     
  • Às 18 de janeiro de 2011 às 16:43 , Blogger Laura disse...

    Ó lua que vais tão alta
    desde dessa escadaria
    eu quero chegar lá acima
    para espalhar alegria...

    Saiu assim.. Moa, que tenhas mais um Bom dia e outro dia e outro até que a alegria seja uma constante,

    Abraço apertadinho da nina.

     
  • Às 18 de janeiro de 2011 às 20:18 , Blogger Osvaldo disse...

    Ó Lua que vais tão alta
    Neste sideral espaço
    Tão alta tu estás
    Que só te vejo em Tabuaço.

    Lua bela com teu luar
    Lá na praia vi um búzio
    Peguei-o e pra casa o levei
    E em cima da mesa o "púzio"!...

    Óh Lua do caraças
    A coisa aqui tá preta
    Tás tão longe, já não vês
    Quisto aqui é uma porrêta.

    Bom,..... chega, não é?

    Um abraço irmão.
    Osvaldo

     
  • Às 18 de janeiro de 2011 às 21:08 , Blogger Laura disse...

    Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh amei o púzio em cima da mesa, tu para rimar és um achado!...e a saudade Tabuaço dá-te a volta à cabeça, não só a ti mas ao Moa e a todos...


    Moa, hoje há bolo de anos a Luisinha fez anitos, sei que não vais ao resteas ams o resteas trouxe-te uma fatia de bolo para provar... porque tu és Tabuaço, és Moa, és o nosso Amigo da alma...vou copiar o post e enviar por email já que tinhas dificuldade em acessar ao resteas.
    beijinhos de todos os GT até dos homens, porque os irmãos também se abraçam e beijam...

    laura

     
  • Às 18 de janeiro de 2011 às 22:42 , Blogger Andre Moa disse...

    Beijinhos a todos, muito principalmente para a Luisinha, pelo seu aniversário. Parabéns.
    Eu continuo a aguardar o desenrolar dos acontecimentos, tendo em vista a próxima rádio cirurgia. Calmo e sereno, ainda que expectante, a desejar que o assunto se resolva o mais depressa possível e, evidentemente, da melhor forma. A meu, a nosso contento
    Abreijos
    André Moa.

    PS- Gostei do vosso estro poético, onde todos já molhamos a sopa, aqui, neste cantinho dos poetas.
    Gostei mesmo. E só não respondo também em verso, porque as costas não mo permitem, nem o tempo me impele para tanto. E iria ser penoso poder respsonder a tantos e tão sugestivos versos.
    Parabéns.
    Abreijos
    André Moa

    Só esta:

    O sete estrelo caíu
    no adro de Tabuaço,
    logo se transformou, surgiu
    transformado num abraço.
    Abreijois
    André Moa

     
  • Às 19 de janeiro de 2011 às 02:26 , Blogger Maria Soledade disse...

    Oh Lua que ao nasceres enfeitas
    Esse Céu de Lisboa
    Leva contigo as maleitas
    Que castigam o nosso Môa...

    ********Já que estamos numa de poesia à Lua...

    :)))) Beijinhos Môa/Melhorinhas rápidas

     
  • Às 19 de janeiro de 2011 às 09:50 , Blogger Parisiense disse...

    Então ainda vais ficar mais delicioso....com carinha de bolacha e pescoso de filipinos...ahahahha
    Eu prefiro sabor a chocolate..:D

    Força Moa vai dando noticias.

    Beijokitas

     
  • Às 19 de janeiro de 2011 às 10:35 , Blogger Laura disse...

    Ahhhhhhhhhhhhhhhhh, tanto a nossa Soledade como a Parisiense são um achado..quem falou em pescoço de Filipinos? ó Moa, como-te o pescoço todo, de chocolate clarinho são um must, ó valham-nos tanta risada e cantorias por ai além, sinal de que todos te amamos não achas meu rapaz? que saudade do teu tom brincalhão e jocoso por vezes, sabe-la toda e tinhas respostas para tudo lá na janelinha, mas eu ainda não desisti dos nossos encontros à janela, um dia volta a ser como antes, quase todos os dias.

    beijinho da nina

     
  • Às 19 de janeiro de 2011 às 13:44 , Blogger Bichodeconta disse...

    Mais uma volta para saber de ti.Sinto-te sereno, e do tempo da tua serenidade será a minha também..Espero eu e todos quantos aqui vem abraçar-te , dizia eu esperemos que tudo se resolva pelo melhor, rápido, e com o resultado final que sejam positivos..Abreijos.

     
  • Às 19 de janeiro de 2011 às 18:44 , Blogger Andre Moa disse...

    Beijinhos para todas e abraços para todos.
    Como continuo neste compasso de espera até ser chamado para a intervenção, sem notícias sobre o assunto, e porque a vida continua, vou postar os últimos versos de Degrau 8 para passar, NA PRÓXIMA, para o segundo livro da colectânea DE GRAU 8.
    Abreijos
    André Moa

     
  • Às 19 de janeiro de 2011 às 18:46 , Anonymous DAD disse...

    Ó Moa, Ó Moa!
    Isso vai desinchar,
    isso até está a alindar momentâneamente?
    Raios partam a beleza que chateia
    porque o que está por detrás...
    é coisa feia!
    Mas o nosso Moa, é um herói,
    Um cavaleiro destemido,
    a doença que se cuide e desapareça depressa
    porque tudo vai ficar bem,
    Não é o "bicharoco" que o corroi,
    não o deixa nenhum dos seus amigos!
    E a vida vai continuar a ser uma festa,
    todos nós torcemos por isso,
    e que se vá o enguiço!!!
    Beijinhos grandes para ti e para todos
    os amigos que aqui entram!

     
  • Às 21 de janeiro de 2011 às 13:48 , Blogger SEVE disse...

    Ó lua que vais tão alta,
    Redonda como um tamanco!
    Ó Maria, traz cá a escada,
    Que eu não chego lá com um banco.

    Obrigado André pois só hoje, passado mais de meio-século de vida, conheci esta quadra na íntegra, depois de sempre ter ouvido Ó lua que vais tão alto.........

    É mesmo assim a quadra, André? ou "martelaste-a?

    Um abraço

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

 
Que cantan los poetas andaluces de ahora...