SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ENA!-- TANTOS LEITORES DO MEU BLOG QUASE DIÁRIO! ---ESTA FOTO É UMA VISTA AÉREA DA MINHA TERRA,-TABUAÇO! UM ABRAÇO PARA CADA UM DE VÓS! -ANDRÉ MOA-

segunda-feira, 2 de abril de 2012

A HOMENAGEM A UM GRANDE HOMEM - ANDRE MOA































Foi fantástica a homenagem que os amigos e a família fizeram a André Moa, cujo desaparecimento foi para a família e amigos uma grande perda, ainda difilcir de superar. O irmão, António foi o grande obreiro desta noite magnifica em que familia e amigos lembraram, mais uma vez o amigo que ainda está bem presente nos olhos e nos ouvidos de todos nós.
Uma noite bonita! Como já sabemos que a romagem a este Blog continua, apesar de não serem famosas, aqui ficam algumas imagens desta noite que, para além das palavras dos amigos, teve também fadistas que encheram a noite de sons.
Foi bonito de se ver e de se ouvir!

Uma das grandes surpresas da noite foi a chegada inesperada do Osvaldo e da Ana que se deslocaram da Suiça propositadamente para assistir a esta homenagem. Foi muito bonito!

Dad

9 Comentários:

  • Às 2 de abril de 2012 às 23:42 , Blogger Maria disse...

    Dad querida:
    As vezes que tenho aqui vindo, ver se o blog mexeu!
    Adorei as fotos.
    O nosso amigo terá ficado feliz. Grande António! Que enorme amor, pelo irmão.
    O Osvaldo e a Anita são dois seres especiais. Foi lindo o que fizeram.
    Abreijos para todos vós, amigos.
    Até sempre André
    Maria

     
  • Às 3 de abril de 2012 às 23:25 , Blogger Kim disse...

    Foi muito bonito e houve emoção a rodos.
    Às vezes - tenho a sensação que não partiste, André!
    Não esperava ver tanta gente no auditório.
    Grande amigo, grande homem. Adorei a homenagem!

     
  • Às 8 de abril de 2012 às 12:09 , Blogger Maria disse...

    António:
    Dirijo-me a si, mas a mensagem é para toda a família. Que a Páscoa seja passada em Paz. A falta do André, vai ser muito sentida por vós. Passou pouco tempo. Faltará a alegria dele, aquela ternura enorme, que ele sabia dar. Mas o António é o irmão dele. Saberá fazer com que os outros se sintam resignados.
    Penso em vós e nele, todos os dias.
    Abreijos, meus amigos
    Maria

     
  • Às 11 de abril de 2012 às 02:24 , Blogger Maria Soledade disse...

    Querido Môa...Entro em pézinhos de lã apenas para dar-te um beijinho...

    Desculpa não estar presente na homenagem Linda que te ofereceram mas como sabes moro longe e a vontade de viajar aínda não é muita...Sei que me compreendes meu amigo...

    A todos voçês que homenagearam o nosso Amigo um bem-haja e fiquem também com muitos beijinhos meus...

     
  • Às 14 de abril de 2012 às 13:40 , Blogger Maria disse...

    Meu querido Moa:
    Ontem, estive a ver o filme da homenagem merecida, que te fizeram. Foi tão lindo! Voltei a chorar, a rir, ao ouvir a tua voz, ao ver os teus olhos.
    No meu último poste, está um pequeno poema meu. Quando o acabei de o publicar, o meu primeiro pensamento foi: Que irá dizer o André?
    Estás tão presente em nós, que quase me esqueço, que nunca mais vou ter um comentário teu. Como fazes falta!
    Abreijos
    Maria

     
  • Às 23 de abril de 2012 às 22:30 , Blogger BRANCAMAR disse...

    Olá Dad,

    De vez em quando venho por aqui e embora já tenha comentado esta homenagem no blog do Quim e no Facebook, creio que no Grupo do GT,hoje apeteceu-me ficar a olhar as imagens
    e deixar umas palavras. Ao reler comovi-me, por tudo, quer pelas recordações, quer pela amizade do Osvaldo e da Ana, que sempre me sensibilizam muito. Conheci o Osvaldo, pouco depois de conhecer o Moa, há cerca de quatro anos e quando me entrou na caixa de comentários a agradecer a minha amizade para com o Moa e a atenção que lhe prestava, isso disse-me imenso da sua forma de estar na vida e marcou-me. Não é qualquer Homem que leva tão longe um agradecimento ou que toma assim um amigo como um irmão, que faz dos amigos do seu "irmão" os seus próprios amigos. No último ano e meio a minha disponibilidade alterou-se muito por força de diversas mudanças na minha vida, mas não esqueço este grupo que permenece unido, nem esqueço a primeira vez que me encontrei pessoalmente com o Moa, no funeral de Salvador Vaz da Silva, ele tinha pedido o meu número a outra amiga e fez questão de me ligar antes e de me querer conhecer, encontramo-nos também com Teresa Fèlix, uma jovem advogada, que também frequentava o blog do Salvador. O Moa que conheci nesse dia era um Homem tão delicado, sensível e gentleman, que percebi que para além da escrita havia muito mais naquela alma, que ultrapassava tudo o que pudesse ter imaginado.
    Foi bom ter-me cruzado com um ser como ele e com todos os que o acompanharam. Bem-hajam.

    Beijos
    Branca

     
  • Às 24 de abril de 2012 às 21:05 , Blogger Maria disse...

    Querido André:
    Ontem no blog de uma nova amiga, ela falou no Mexia. Contei-lhe a estupidez que ele escreveu, a propósito do teu livro. Fiquei irritada, vivi tudo de novo.
    Morreu o Miguel Portas. Tu sabes, não pensava como ele, nem sequer simpatizava com o homem. Mas ele ainda tem mãe, amigo. E dessa, eu gosto. Pobre Helena! Que se pode dizer a quem perde um filho?
    Penso que, deixei de fumar. O quisto no pulmão, assustou-me. Dá-me uma ajudinha.
    Vês? Continuo a falar contigo, como dantes.
    Abreijos
    Maria

     
  • Às 27 de junho de 2012 às 14:52 , Anonymous Rui Carvalho disse...

    Só hoje ao consultar o Blog tive conhecimento da homenagem feita ao "nosso" José Guilherme. Façam-se muitas e nunca serão demais para enaltecer uma figura que marcou de forma positiva todos os que com ele privaram. Tive a honra e o prazer de fazer parte da lista dos seus bons amigos. Uma amizade que eu sempre lhe tentei provar e à qual ele correspondia da melhor maneira. Era um tabuacense que eu conheci já tarde (1997) mas daí para cá passaram-se os anos suficientes para conhecer o seu íntimo, a sua bondade e sobretudo a sua inteligência. Deu muito à sua terra e ao seu país e penso que foi injusto, não lhe darem mais tempo para esgotar todas as oportunidades de nos mostrar todo o seu saber. Orgulho-me de ter sido seu amigo. Até um dia Zé.

     
  • Às 27 de junho de 2012 às 15:10 , Anonymous Rui Carvalho-Tabuaço disse...

    Caro Zé Guilherme: Este fim de semana cá em Tabuaço voltou a festejar-se o S. João. Sim o S. João esse mesmo... o do seu tempo. Não faltou a folia e o meu amigo não foi esquecido. Num dos carros lá estavam as fotos de muitos que tal como o meu amigo vibravam com a marcha do Fundo da Vila. E que suadades eu tive ao ver passar aquele desfile. Foi a mim que a organização pediu a foto... e o prazer que eu tive em cedê-la, pois aqui em Tabuaço quem mais poderia ter essa foto, que não fosse eu? A medida que o carro devagarinho ia andando as pessoas iam comentando o nome dos que estavam nas fotos... e não foram poucas as vezes que eu ouvi... olha, olha aquele é o Zé Guilherme. Também ouvi outros a comentar a surpresa, porque não sabiam da sua partida para o além... mas valeu a pena, porque RECORDAR É VIVER!...

    S.JOÃO MEU S.JOÃO
    QUERO-TE HOMENAGEAR
    RECORDO OS QUE CÁ NÃO ESTÃO
    COM A SAUDADE A AUMENTAR

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

 
Que cantan los poetas andaluces de ahora...