SEJAM MUITO BEM VINDOS A ESTE BLOG!--------ENA!-- TANTOS LEITORES DO MEU BLOG QUASE DIÁRIO! ---ESTA FOTO É UMA VISTA AÉREA DA MINHA TERRA,-TABUAÇO! UM ABRAÇO PARA CADA UM DE VÓS! -ANDRÉ MOA-

segunda-feira, 21 de junho de 2010

CRÓNICAS ALPINAS




"FIM DOS TEMPOS..."

O Planeta dos Humanos chega ao fim do seu tempo de validade. E como foi o homem que inventou datas limites de validade para tudo, esqueceu que o seu próprio tempo também teria um limite de existência e esta já expirou há muito, porque hoje não vive. Sobrevive.
De tanto puxar pela sabedoria, acabou burro. De tanto montar a cavalo, acabou besta e de tanto ser besta, morreu aos coices. Antes fosse ferrador que inventor, porque no fim nada inventou, tudo copiou, porque na vida nada se cria, tudo se copia.
Se em tempos o povo proclamava os monarcas com gritos de "Rei morto, Rei posto", hoje poderemos proclamar os novos monarcas com a expressão: Acabou o Planeta dos Homens, viva o Planeta dos Macacos. Que por cá já são muitos.

Osvaldo


FIM-DE-SEMANA EM TABUAÇO

Levado pelo meu irmão António e acolhido principescamente pelo irmão Paixão Lima, com surpresas de primeira grandeza à nossa espera e tudo, passei um fim-de-semana inesquecível na minha terra natal. Em três dias, rejuvenesci trinta anos, no mínimo. Para a coisa ser completa, só faltou o irmão Osvaldo, tabuacense de gema como nós, os restantes membros do GT e todos os amigos que entretanto se foram associando em corpo e alma a este embrião de uma legião de amigos solidários e indefectíveis e que fazem parte integrante deste grupo associado através da blogosfera, nomeadamente deste blogue. Tão carentes de vós nos sentimos que já começámos a arquitectar um encontro alargado em Tabuaço, no próximo mês de Setembro. Aqui fica, desde já, a informação, certo de que todos iremos abraçar esta Boa Nova e contribuir afincadamente para a sua concretização, para a realização deste sonho para mim tão necessário ao meu equilíbrio físico e psíquico.
Bem-hajam todos.

NOTA
Comecei por cognominar a colaboração do irmão Osvaldo como CICLO OSTENSÃO. Passada a euforia incial, confesso que não me soa bem ao ouvido. Daí propor que o ciclo formado pelos textos do Osvaldo passem a chamar-se CRÓNICAS ALPINAS. Se alguém, a começar pelo Osvaldo, não concordar e pretender sugerir outra designação que o faça livremente. Estamos sempre em busca da perfeição absoluta, apesar de sabermos de antemão que é inalcançável.
André Moa

Apontamentos anticancro 18
«As células cancerosas (tal como um exército em progressão que depende da manutenção prestada pela retaguarda) também precisam de abastecimento de nutrientes e de recolha de excreções. Como tal, para sobreviverem, os tumores têm de estar profundamente impregnados de vasos capilares. Como os tumores se desenvolvem muito rapidamente, é necessária a formação rápida de novos vasos sanguíneos. A este processo dá-se o nome de angiogénese Normalmente os vasos sanguíneos são estruturas estáveis. As células que compõem as suas paredes não se multiplicam nem criam novos capilares, excepto em circunstâncias específicas, em caso de necessidade de reparar lesões ou a seguir à menstruação. Este processo de angiogénese “normal” é auto-limitativo e fortemente controlado, para evitar a criação de vasos frágeis que sangrariam muito facilmente. Para crescerem, as células cancerosas apoderam-se da capacidade que o organismo possui de criar novos vasos. Um bom método para combater o crescimento da célula cancerosa consiste em evitar que esta se apodere dos vasos sanguíneos»
Do livro «Anticancro – um novo estilo de vida» de David Servan-Schreiber.

5 Comentários:

  • Às 21 de junho de 2010 às 12:21 , Anonymous DAD disse...

    Gostei de saber que tiveram um óptimo fim de semana e a ideia a mudar o nome da colaboração do Osvaldo também é óptimaaaaaaaaaaaaa!!!
    Agora que vai ser mudado o nome to ciclo, já posso confessar que detestava esse nome "ostensão". Fico contente com a mudança!

    Beijinho grande e ostensivo!

     
  • Às 21 de junho de 2010 às 23:09 , Anonymous Anónimo disse...

    Irmão Osvaldo!

    Tocaste no meu ponto fraco com a tua crónica, estou completamente de acordo.

    O ser humano precisa mesmo de repensar a sua data de validade...ou aprendemos a viver todos como irmãos ou morremos todos juntos como os nossos descendentes e amigos animais.
    Isto acontece quando deixamos de ser criativos, a sociedade passa a ser formada por indivíduos copistas, passamos a copiar outros individuos que já copiaram outros tantos, desta forma a originalidade morre e a criatividade desaparece, pois ao copiar não somos nada nem nimguém, este fenómeno chama-se filosóficamente falando "Mimetismo", ou para usar uma expressão mais corrente " Síndrome da Maria vai com as outras", ora, uma sociedade mimetrica em breve deixará de ser uma sociedade para passar a ser um aglomerado de seres vivos que poderão ser pessoas ou animais.
    Mas tenho que ressalvar que uma pequena dose de imitação também pode ser importante em pequenos grupos sociais, por exemplo entre familias. Nesses grupos familiares formamos o nosso carácter, os nossos valores, imitando os membros da nossa familia, o que prova também que o mimetismo só é fatal para a grande sociedade, mas é fundamental aos pequenos grupos sociais e familiares.
    O mundo, a vida, o homem, qual o seu prazo?

    André!

    Que saudade daquele bacalhau com broa...como eu te compreendo!
    O que tu queres é mimo, ainda bem que as tuas forças rejuvenescem com estes pequenos encontros e passeios.
    Venha mais um, estamos todos a precisar de respirar aquele ar fresco e beber daquela "fonte de vida".

    Beijos duplos aos dois
    L&L

     
  • Às 22 de junho de 2010 às 09:29 , Blogger Osvaldo disse...

    Cara Dad;

    Estou de acordo contigo embora eu nunca ligue para essa dos titulos, mas o titulo anterior, embora eu não o dissesse, fazia-me rir!...

    Querida maninha L&L

    Gostei imenso como resumiste o tema da "Crónica Macaca"...
    Infelismente a sociedade do consumismo está a devastar este outrora tão belo Planêta Azul e em breve o que sobrarão serão as cinzas para que uma nova raça que poderá ser a dos Macacos, recomece tudo de novo, mas também esta se apenas copiar, então também eles cairão e será a vez do Planêta dos Porcos...
    bjs, cara irmã.

    Caro irmão;

    Setembro,... em Tabuaço?... bora!!!!
    Vamos lá organizar isso, embora eu já tivesse dito a uma das nossas amigas de preparar um fim de semana numa das cidades do Centro do país para ser perto para todos. Mas claro, que os ares de Tabuaço são retemperadores para todos.

    Um abraço,
    Osvaldo

     
  • Às 22 de junho de 2010 às 15:58 , Blogger Je Vois la Vie en Vert disse...

    Caro Osvaldo,
    Permites-me que discorda um pouco contigo, pelo menos no que me toca a mim... Acho que continuo a viver na planeta dos homens porque vivo o mais que posso e não sobrevivo, Credo ! Talvez seja por ter passado algumas vezes em frente da porta da morte - e não segui os que lá queriam entrar...tinha outros síndromes mas não aquele do que fala a nossa querida L do L&L, " O Síndrome da Maria vai com as outras".
    Não me sinto um macaco de imitação, não sigo modas, não puxo pela sabedoria porque sou loira, já sou burra... Não monto a cavalo e nunca hei de comer feno porque sou alérgica a isso...:))
    Mas escreveste uma bela crónica que, com o novo título, traz um ar fresco da montanha, de verde, de esperança !

    Caro André,
    Fiquei feliz em saber que este passeio te rejuvenesceu de 30 anos ! Eu não peço tanto senão seria uma criança ;)) LOL LOL LOL
    Nós, os do GT, não estávamos todos presentes in loco mas estávamos presentes com o coração. Bamos embora repetir isso em Setembro !


    Beijinhos grandes para ambos

    Verdinha

     
  • Às 22 de junho de 2010 às 17:42 , Blogger Laura disse...

    Ah, pois foi, pois é Osvaldo, Osvaldo com a pressa de ler Tabuaço nem falei mais nadica.

    O Homem tem apenas na sua bagagem uma enorme carga de orgulho que o cega, logo, esse cegueira leva-o a ser cada vez mais baixo..mais desumano e mais macaco, ora pois...

    Mantenham-se sãos a boa extirpe dos homens que ainda existem...e que sejam muitos,senão, ai a rebaldaria que vai ser..
    Aquele apertadinho abraço e vai ao resteas..laura

     

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

 
Que cantan los poetas andaluces de ahora...